Claudia Lima Marques é eleita diretora da Faculdade de Direito da UFRGS. É a primeira vez em 120 anos que a instituição será comandada por uma mulher

Claudia Marques é doutora pela Universidade de Heideberg e mestre em Direito pela Universidade de Tübingen, ambas na Alemanha.

Foto: Reprodução

Claudia Marques é doutora pela Universidade de Heideberg e mestre em Direito pela Universidade de Tübingen, ambas na Alemanha. (Foto: Reprodução)

A professora de Direito Internacional Privado Claudia Lima Marques foi eleita na quarta-feira (14) diretora da Faculdade de Direito da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). É a primeira vez em 120 anos que a instituição será comandada por uma mulher.

A eleição ocorreu entre os dias 13 e 14 de outubro. Com um lema de campanha pautado na igualdade e na competência, saiu vencedora a chapa 1, composta por Claudia e pela professora Ana Paula Motta Costa, que será vice-diretora da Faculdade de Direito. A nomeação deve passar pelo reitor da universidade.

“É uma grande honra ter sido escolhida como a primeira jurista mulher, junto com a professora Ana Paula Costa, para a direção da nossa centenária faculdade de direito da UFRGS. A universidade pública, gratuita e de qualidade é um orgulho para o Brasil e permite construir um futuro de excelência em pesquisa, extensão e em ensino”, disse Claudia.

Ainda de acordo com ela, o século XXI exige igualdade, competência e renovação. “E, com o talento de todos de nossa comunidade, docentes, técnicos e alunos, esperamos poder contribuir para a construção de uma faculdade de Direito inserida na realidade social, nos desafios de nosso tempo e em diálogo com o mundo”.

Claudia Marques é doutora pela Universidade de Heideberg e mestre em Direito pela Universidade de Tübingen, ambas na Alemanha.

Ela também é presidente do Comitê de Proteção Internacional dos Consumidores e da International Law Association, de Londres. A professora também presidiu a Brasilcon e a Asadip. As informações são do portal Consultor Jurídico.

Professora do Instituto de Química figura na “Power List” 2020

A professora Claudia Alcaraz Zini, do Instituto de Química da UFRGS, é um dos 60 pesquisadores selecionados ao redor do mundo a comporem a “Power List” 2020, divulgada pelo “The Analytical Scientist” na terça-feira (13). Ela está na lista da América Latina, que integra 10 cientistas no contexto da Química Analítica Mundial. “Sou pesquisadora da UFRGS desde 1997 e me sinto honrada por esta prestigiosa indicação. Reconheço que ela é fruto de um trabalho conjunto de todos os meus alunos e colegas da UFRGS que participaram comigo de muitos desafios ao longo da caminhada”, diz ela.

A lista com os 60 cientistas pode ser conferida em https://theanalyticalscientist.com/power-list/2020. A “Power List” deste ano conta com 10 cientistas por continente, sendo que os vencedores foram indicados pelos leitores e selecionados por um painel de avaliadores independentes. O resultado é a celebração do talento analítico de todo o mundo.

Claudia Alcaraz Zini possui graduação, mestrado e doutorado em Química pela UFRGS (1984/1990/2002). Atualmente é professora titular da mesma Universidade, com experiência na área de Química Analítica, atuando principalmente nos seguintes temas: cromatografia gasosa bidimensional abrangente com detector de espectrometria de massas, compostos voláteis e semivoláteis de diversas matrizes, técnicas de extração e separação, química analítica ambiental, química ecológica. Dentre as matrizes principais de estudo estão: vinhos, sucos de frutas, alimentos em geral, plantas, óleos essenciais, bio-óleo, alcatrão, petróleo, carvão, betume, etc.

Voltar Todas de Rio Grande do Sul