Covas cobra ‘compostura’ de Russomanno após fala sobre moradores de rua

Na avaliação do candidato à prefeitura de São Paulo Celso Russomano (Republicanos), a população de rua teria mais resistência à Covid-19 por não tomar banho regularmente. A fala do candidato de Jair Bolsonaro na capital foi criticada, especialmente porque não há comprovação científica para o argumento.

Ao comentar as declarações do adversário na campanha eleitoral, o prefeito Bruno Covas pediu para evitar a politização da doença. “Não podemos tratar essa doença como coisa de esquerda ou direita ou com finalidade eleitoral. Muito menos estabelecer que a população em situação de rua é diferente do ser humano e tratar sem nenhum conhecimento científico uma questão como essa”, afirmou Covas.

“Estamos falando de uma doença grave. Morreram mais de 150 mil pessoas. É preciso ética, é preciso compostura”, enfatizou o prefeito durante um almoço para empresários realizado hoje.