Pesquisa Ibope em Uberlândia: Odelmo, 51%; Zago, 8%; Attiê 7%

Pesquisa Ibope em Uberlândia: Odelmo, 51%; Zago, 8%; Attiê 7%

Pesquisa Ibope em Uberlândia: Odelmo, 51%; Zago, 8%; Attiê 7%

A pesquisa Ibope divulgada pela TV Integração nesta terça-feira (13) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para a Prefeitura de Uberlândia nas Eleições 2020:

A pesquisa foi encomendada pela TV Integração.

Rejeição

A pesquisa também perguntou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Os percentuais foram os seguintes:

  • Felipe Attiê (PTB): 45%
  • Lourival Santos (MDB): 16%
  • Odelmo Leão (PP): 15%
  • Adriano Zago (PDT): 14%
  • Gilberto Cunha (PSTU): 14%
  • Arquimedes (PT): 13%
  • Thiago Fernandes (PSL): 12%
  • Wallace (PSOL): 10%
  • Placidino Stábile (MDB): 8%
  • Professor Edilson (PCdoB): 8%
  • Poderia votar em todos: 4%
  • Não sabem ou preferem não opinar: 19%

Os entrevistados podiam apontar mais de uma resposta, por isso a soma dos fatores apontados é de mais de 100%.

Espontânea

O Ibope também aferiu a intenção de voto espontânea para a Prefeitura de Uberlândia. Nesta avaliação, o eleitor foi perguntado em quem votaria sem ter os nomes dos candidatos apresentados pelos pesquisadores. Veja como ficaram os números:

  • Odelmo Leão (PP): 49%
  • Adriano Zago (PDT): 6%
  • Arquimedes (PT): 2%
  • Thiago Fernandes (PSL): 2%
  • Felipe Attiê (PTB): 1%
  • Lourival Santos (MDB): 1%
  • Placidino Stábile (MDB): 0%
  • Professor Edilson (PCdoB): 0%
  • Wallace (PSOL): 0%
  • Gilberto Cunha (PSTU): *
  • Outros: 1%
  • Branco ou nulo: 12%
  • Não sabem ou preferem não opinar: 26%

O nome do candidato Gilberto Cunha (PSTU) não foi citado pelos entrevistados. A soma dos percentuais pode não totalizar 100% em decorrência de arredondamentos.

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 4 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 532 eleitores da cidade de Uberlândia
  • Quando a pesquisa foi feita: 11 a 12 de outubro
  • Número de identificação na Justiça Eleitoral: MG-00596/2020

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.