Doria defende Fux dos ataques de Marco Aurélio sobre André do Rap

O clima no STF anda especialmente pesado nesta terça, com o ministro Marco Aurélio Mello disparando ataques pesados contra o presidente da Corte, ministro Luiz Fux. Pela manhã, o novo decano chegou até a debochar do cabelo de Fux em uma entrevista à Rádio Gaúcha. “Tenho umas fotografias com ele em congresso 30 anos atrás, e a mudança foi fabulosa”, disse Marco Aurélio sobre o visual do colega.

Diante da reação agressiva de Marco Aurélio, que tem sido criticado pela opinião pública por ter libertado um dos chefes do PCC, sabidamente fugitivo da Justiça em outros tempos — e que tratou de fugir de novo tão logo foi solto, Doria saiu em defesa de Fux, que revogou a decisão.

“Reafirmo meu apoio irrestrito ao ministro Luiz Fux, por ter cassado a liminar que libertou o traficante e líder do PCC, André do Rap. Os brasileiros de bem querem que criminosos cumpram suas penas na cadeia. Libertar bandidos durante o cumprimento de pena afronta a sociedade e deixa a população refém do crime”, disse Doria.