Correção: Lei Geral de Proteção de Dados nas eleições

O G1 informou incorretamente que nenhuma denúncia havia sido enviada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre descumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e sobre o disparo de Whatsapp a eleitores. Na realidade, nenhuma ação judicial ainda foi ajuizada por candidatos ou partidos. A informação foi corrigida às 12h55 de 13 de outubro. Leia mais.