O governo gaúcho vai liberar a retomada de eventos empresariais de maior porte. Teatros e casas de espetáculos também poderão reabrir as portas

Novo decreto estadual tem publicação prevista para este sábado. (Foto: EBC)

Com publicação anunciada para este sábado (10), um novo decreto estadual vai liberar a retomada de eventos empresariais de maior porte, bem como as produções sociais e culturais em teatros, auditórios e casas de espetáculos, com público sentado. Também será permitida a volta do sistema de “buffet livre” em restaurantes.

A autorização é restrita a regiões com pelo menos duas semanas seguidas de bandeira amarela ou laranja no distanciamento controlado. Além disso, só poderão reativar esse tipo de produção cultural ou corporativa os municípios que já autorizaram o retorno das aulas presenciais.

“Esse critério tem como intuito estabelecer uma escala de prioridades para o retorno de atividades”, justificou o governador Eduardo Leite. “Temos uma prioridade na questão das liberações. Não faz sentido haver liberação de eventos sem ter havido o retorno das aulas. É importante priorizar o ensino, a aprendizagem de nossas crianças e jovens, em relação a outros tipos de atividades.”

O pacote de liberações abrange teatros, auditórios, casas de shows, circos, casas de espetáculos e similares, cinemas, feiras e exposições corporativas e comerciais, seminários, congressos, convenções, simpósios e similares, restaurantes com self-service, transporte coletivo e parques temáticos, parques de diversão, parques de aventura, parques aquáticos, atrativos turísticos e similares.

Mais detalhes podem ser conferidos no site oficial do governo do Rio Grande do Sul – www.estado.rs.gov.br. Já o novo decreto deve ser publicado nas próximas horas, em edição-extra do Diário Oficial do Estado.

De acordo com o Palácio Piratini, a medida foi possível graças à melhora de indicadores relativos ao enfrentamento da pandemia de coronavírus, que neste sábado completa sete meses desde a notificação do primeiro caso de contágio.

Nas últimas duas semanas, o número de novos registros semanais de hospitalizações por Covid-19 caiu 29%, passando de 840 casos para 598. Além disso, o número de óbitos causados pela doença baixou 7% no mesmo período, de 272 mortes para 254.

Não por acaso, o novo mapa preliminar da 23ª rodada do distanciamento controlado, divulgada nesta sexta, voltou a classificar regiões gaúchas sob bandeira amarela (três de um total de 21), que indica baixo risco epidemiológico para coronavírus. Isso não acontecia desde o final de junho. Já as demais 18 áreas do Estado estão sob a cor laranja (risco médio).

Casamentos e formaturas

Em reunião on-line realizada nesta sexta-feira (9), empresários do setor de eventos apresentaram à SES (Secretaria Estadual da Saúde) o terceiro projeto-piloto para retomada de eventos sociais no Rio Grande do Sul. Desta vez, o pedido de flexibilização tem como alvo casamentos, batizados, festas de 15 anos e formaturas, dentre outras modalidades suspensas nos últimos sete meses.

A exemplo do que foi feito recentemente em relação a feiras, palestras e shows musicais (com direito a eventos-teste em Porto Alegre e Serra Gaúcha), os proponentes sugeriram uma série de protocolos necessários para prevenção ao contágio pelo coronavírus sejam adequados às bandeiras de cada região, no âmbito do sistema de distanciamento controlado – vigente no Estado desde maio.

Dentre os pontos do projeto estão a prioridade a eventos ao ar-livre, instalação de central para distribuição de máscaras de proteção facial e o uso de equipamentos de proteção desde a montagem até o final da festa, além do uso de listas de convidados para um maior e melhor controle da circulação.

Também foram propostos cronogramas de trabalho para entregadores, aferição de temperatura e higienização, além do distanciamento mínimo entre as mesas. “O assunto vem sendo discutido por órgãos do governo do Estado, incluindo o Comitê de Dados, com participação da Assembleia Legislativa”, ressaltou o governo gaúcho em seu site.

Segundo a titular da SES, Arita Bergmann, o Estado fará a retomada de eventos sem ferir protocolos sanitários e que esta é a última etapa das apresentações de propostas. “Na próxima semana, as reuniões serão retomadas com esse segmento”, frisou.

“Os promotores de eventos já haviam entregue, nos dois últimos dias, propostas para realização de festas infantis e de shows e bailes. Já existem portarias que podem servir de regramento para estas propostas”, acrescentou.

(Marcello Campos)

Voltar Todas de Rio Grande do Sul